Fraude contábil: O que é e como identificar dentro da empresa?

Fraude contábil: O que é e como identificar dentro da empresa?

A fraude contábil acontece quando são criadas estratégias para, intencionalmente, manipular a contabilidade de uma empresa. Por exemplo: documentos com valores falsos, erros propositais de cálculos, uso de notas frias, omissão de informações etc.

 

“Infelizmente, algumas empresas utilizam essa prática para reduzir a carga tributária, beneficiar terceiros e até mesmo para inflar os ganhos para investidores. No entanto, essa prática é considerada crime, assim, os envolvidos podem ter que responder criminalmente pelas ações”, explica Renato Santos, especialista em compliance e sócio da S2 Consultoria. 

Veja como as fraudes contábeis podem ser identificadas

Segundo ele, uma das formas mais eficazes para evitar as fraudes contábeis é utilizar a auditoria e consultoria como aliadas da sua empresa. “Elas ajudam a identificar as falhas nos processos e você tem tempo para corrigir os erros e evitar complicações futuras”, diz. 

De acordo com um relatório de pesquisa sobre a fraude no Brasil, veja a porcentagem sobre como ela foi descoberta nas empresas: controles internos: 32%; auditoria interna: 20%; informação de terceiros: 12%; informação de funcionários: 12%; investigação especial: 11%; denúncia anônima: 7%; coincidência: 3%; outros: 2%; e auditoria externa: 1%.

 
 

Assim, podemos afirmar que os controles internos, bem como a auditoria interna são elementos imprescindíveis para o controle das empresas.

“Dessa maneira, ter bons controles internos e políticas éticas é essencial para evitar fraudes contábeis. E esse é um trabalho contínuo: sempre é preciso trabalhar com a prevenção, e a auditoria interna pode ajudar”, comenta Renato. 

A seguir, ele destaca alguns casos de fraudes:

Lehman Brothers

A Lehman Brothers foi um dos maiores bancos de investimentos e também provedores de outros serviços financeiros, sediado em Nova Iorque, nos Estados Unidos, mas com atuação global.

 

Durante a Crise do Subprime (desencadeada em 24 de julho de 2007), descobriu-se que a Lehman Brothers escondeu US$ 50 bilhões em ativos. Não precisamos nem comentar que, obviamente, faliu depois disso.

Enron Corporation

A Enron Corporation, fundada em julho de 1985, foi uma companhia de energia e comunicações, localizada em Houston, Texas. Com tanto sucesso, chegou a empregar cerca de 21.000 pessoas e foi considerada líder de mercado.

 

Foram realizadas diversas denúncias de fraudes contábeis e fiscais. Assim, quando foram investigadas, houve a comprovação de que a Enron manipulou os seus balanços, com a ajuda de bancos e outras empresas.

Dessa maneira, foi concluído que eles esconderam dívidas de 25 bilhões de dólares por dois anos consecutivos (portanto, inflaram artificialmente os seus lucros). Então, em um ano, a Enron Corporation teve o valor da ação despencado de US$ 90 dólares para US$ 1.

“Para evitar que a sua empresa enfrente fraude contábil é fundamental ter um bom controle interno, investindo em auditorias constantes e trabalhando sempre com muita ética e transparência. Assim, é possível identificar os erros e prevenir complicações futuras”, ressalta o especialista. 

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.
Fonte: JornalContábil | 06/12/2021


ENTRE EM CONTATO



LOCALIZAÇÃO

Avenida Zumkeller , 217
Mandaqui - São Paulo-SP
CEP: 02420-000

(11) 2208-3222